UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Apresentação

— Fundada em 16 de maio de 1958 a cinquentenária Faculdade de Serviço Social (FSS/UFJF), tem um importante papel na formação de Assistentes Sociais em todo o estado de Minas Gerais, sendo, até o ano de 2007, a única faculdade de natureza pública do estado e, ainda hoje, a única com um curso de Mestrado, o que a torna referência para outras tantas unidades de ensino. Conta com estrutura física e recursos didático-pedagógicos adequados, e um corpo docente altamente qualificado, atingindo 80% de professores doutores.
Além do curso de graduação com cerca de 240 alunos — e excelentes resultados no Exame Nacional de Desempenho do Estudante (ENADE) e referência no Guia do Estudante — disponibiliza cursos de pós-graduação lato sensu, ressaltando-se os Programas de Residência Hospitalar em Serviço Social e Saúde da Família e o Curso de Especialização em Estudos Latino americanos , e pós-graduação stricto sensu, com área de concentração em Questão Social, Território, Política Social e Serviço Social. Possui atualmente quatro grupos de pesquisa: — Políticas Públicas, Gestão e Cidadania; Serviço Social, Movimentos Sociais e Políticas Públicas; Geração, Trabalho e Espaço; Políticas Públicas, Trabalho e Mercado de Trabalho  —, desenvolvendo 25 projetos e envolvendo alunos bolsistas de graduação e pós-graduação.
No âmbito da extensão, abriga a Casa de Cultura, patrimônio histórico-cultural da UFJF e da cidade, lócus privilegiado onde se efetiva o encontro necessário entre a Universidade e a sociedade. Entre os diversos programas e projetos, pode-se referenciar o Pólo da Infância e da Juventude, atingindo jovens de bairros periféricos e o Pólo Interdisciplinar na Área do Envelhecimento, um dos pioneiros no país.
Hoje, o curso é diurno e conta com a entrada de 60 alunos; 30 por semestre.
Como projeto de expansão, elenca-se a ampliação de vagas e a implantação do curso noturno em 2010, e estudos para criação do doutorado.

 

 



Faculdade de Serviço Social – UFJF