UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Perfil Profissional do Egresso

Você está em: Sobre o curso > Perfil Profissional do Egresso

O curso de Engenharia Computacional proporciona uma formação essencialmente multidisciplinar, visando a formulação, análise, implementação e aplicação de modelos matemáticos, métodos numéricos e sistemas computacionais para a solução de problemas de engenharia. Tal formação permite ao egresso do curso a inserção em um segmento do mercado de trabalho que está voltado aos recentes desenvolvimentos tecnológicos, além de também poder se constituir em um primeiro passo para uma carreira acadêmica multidisciplinar de origem. De uma forma geral, os egressos estarão capacitados a resolver problemas complexos que permeiam as áreas de computação e engenharia.

Esta possibilidade de formação se encaixa em uma nova área de conhecimento que vem se consolidando nas últimas décadas, reunindo especializações nascidas em diferentes ramos da engenharia e da ciência. Internacionalmente, esta área de formação é denominada Computational Science and Engineering (Ciência e Engenharia Computacional).

Mais especificamente, o Engenheiro Computacional é um profissional com formação fortemente interdisciplinar, capaz de atuar na análise, modelagem e simulação de fenômenos físicos. O futuro profissional formado em Engenharia Computacional poderá, dependendo das escolhas a seu critério, ao longo de sua trajetória acadêmica, identificar, formular, modelar e desenvolver modelos matemáticos para a representação de problemas complexos nas mais distintas áreas da engenharia, dentre as quais podemos citar: elétrica, eletrônica, telecomunicações, agronomia, petróleo, mecânica, naval, civil e estrutural, aeronáutica, ambiental, materiais, e biomecânica, dentre outras. É também capaz de especificar e implementar a representação computacional dos modelos propostos, bem como supervisionar a manutenção e operação dos sistemas computacionais desenvolvidos. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza serviços técnicos em computação; e efetua perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Em suas atividades, considera a ética, a segurança, a legislação e os impactos socioambientais dos modelos e sistemas desenvolvidos.

Atendidos os conteúdos do núcleo básico da Engenharia, os conteúdos profissionalizantes do curso de Engenharia Computacional são abertos, dependendo das escolhas do aluno e das características do corpo docente. Entretanto aconselha-se um conteúdo profissionalizante fortemente interdisciplinar, que dê ao aluno uma complementação de sua formação matemática e de computação, englobando temas como modelagem computacional, métodos numéricos, métodos dos elementos finitos, método dos elementos de contorno, métodos estatísticos, linguagens de programação, engenharia de software, banco de dados, computação paralela e distribuída, análise e projeto de algoritmos. Também sugere-se que aja uma interação com outros cursos de Engenharia, permitindo ao aluno um conhecimento em áreas como elétrica, eletrônica, telecomunicações, agronomia, petróleo, mecânica, naval, estrutural, aeronáutica, ambiental, materiais, e biomecânica, dentre outras. O objetivo é permitir ao aluno se aprofundar na modelagem de problemas ligados as áreas das Engenharias que mais lhe atraiam, naturalmente observadas as restrições de disponibilidade de disciplinas. No caso específico de nosso curso, pela fato do Departamento de Mecânica Aplicada e Computacional ser um dos idealizadores do curso, se oferecem aos alunos uma maior especialização na área de modelagem de estruturas e de mecânica computacional. Contudo, deve-se destacar que a existência de outros cursos de graduação em Engenharia na UFJF abre a possibilidade para a criação de ênfases na modelagem de problemas em outras áreas da Engenharia, como Sanitária e Ambiental, Mecânica, Produção e Elétrica.

Como todos os cursos que tem ingresso através do curso de Ciências Exatas da UFJF, o aluno fará jus ao diploma referente ao Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Exatas e, após a conclusão dos requisitos específicos, do diploma em Engenharia Computacional. O curso possibilita ainda, ao aluno que assim o desejar,  a obtenção de diplomas adicionais em outros cursos de segundo ciclo do  Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Exatas, como Ciência da Computação, Matemática, Física, Química, Estatística, dentre outros.