UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Detalhes das Atividades

Você está em: Eventos > Semana da Computação > Edição 2018 > Detalhes das Atividades

Modalidade Título Detalhes Facilitador Minicurrículo
Minicurso Automatizando testes com Selenium IDE e WebDriver O software complexo desenvolvido, atualmente, necessita de tempo para ser implementado e testado. Porém, o tempo de lançamento de uma ferramenta é um diferencial competitivo. Assim, testes que sejam executados de forma automatizada e que cubram as funcionalidades implementadas são cada dia mais necessários. João Paulo Dias, Mariana Trevizani Nocelli e Mateus Gonçalo João Paulo Dias: Cursa o 7° período de Sistemas de Informação. Tester de software há 3 anos. Voluntário no Projeto Automatização de Sistemas Modernos sob a supervisão de Vânia Neves.
Mariana Trevizani Nocelli: Cursa o 7º período em Ciência da Computação na UFJF. Bolsista no projeto de extensão MinasDevTest sob a supervisão de Vânia Neves e pós júnior da Code Empresa Júnior da UFJF.
Mateus Gonçalo: Cursa o 7° período em Sistemas de Informação. Bolsista no GET de Sistemas de Informação sob supervisão de Igor Knop e estagiário na Embrapa Gado de Leite sob supervisão de Wagner Arbex.
Minicurso Bancos de dados em grafos para aplicações de mundo real com Neo4j O Neo4j é o líder mundial em bancos de dados orientados a grafos. Neste minicurso iremos utilizá-lo para modelar aplicações do mundo real. Vamos comparar soluções em grafos com soluções SQL em um contexto de aplicações cotidianas. Além disso, será mostrado como o Neo4j facilita a utilização de métodos inteligentes para sistema de recomendação e outras análises de dados. Yan Mendes Yan Mendes é bacharel em Ciências Exatas pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Atualmente cursa mestrado em Ciência da Computação pelo Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Juiz de Fora em engenharia de software e banco de dados. Também é graduando em Ciência da Computação na universidade Federal de Juiz de Fora. Seu principal interesse em pesquisa é em banco de dados com enfoque em integração de dados heterogêneos.
Minicurso Desenvolvimento de Jogos Casuais Mobile com Phaser.js O minicurso irá abordar a criação de um jogo casual 2D a ser desenvolvido com o framework Phaser e sua publicação em dispositivos móveis utilizando a estrutura de desenvolvimento Cordova. Gildo Leonel Graduado em Ciência da Computação e Mestre em Modelagem Computacional pela UFJF, com pesquisas relacionadas às áreas de computação gráfica e simulação computacional. Atualmente é professor no curso de Sistemas para Internet das Faculdades Integradas Vianna Jr. Onde, entre outras, ministra a disciplina de Desenvolvimento de Jogos.
Minicurso Desmistificando a Resolução Numérica de EDPs com FEniCS FEniCS é uma plataforma de código aberto (GNU) para resolver equações diferenciais parciais (EDPs). O FEniCS permite que os usuários traduzam rapidamente modelos científicos em código de elemento finito de modo eficiente. Com as interfaces de alto nível do Python para o FEniCS é fácil começar, mas o FEniCS também oferece recursos poderosos para programadores mais experientes. O FEniCS é executado em várias plataformas, desde notebooks até clusters de alto desempenho. Ruy Freitas Reis Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Computação na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Bacharel em Ciências Exatas (2012), Ciência da Computação (2013) e Engenharia Computacional (2014) pela UFJF. Mestre (2014) e Doutor (2018) em Modelagem Computacional, também pela UFJF. Atuo principalmente em modelagem computacional, biotransferência de calor, imunologia computacional, método das diferenças finitas, método dos volumes finitos, método dos elementos finitos e computação de alto desempenho.
Minicurso HTML5 e CSS3 Neste minicurso você irá aprender recursos novos para criar páginas com HTML5 e CSS3.
Iremos dar forma a uma estrutura HTML usando novas funcionalidades CSS, usando tecnologias como o inspetor do navegador para facilitar o processo.
Requerido conhecimento básico da sintaxe de HTML e CSS.
Maxwell Souza Formação Acadêmica:
Médio/Superior – Colégio Tiradentes da Polícia Militar
Técnico Completo – Informática – IF Sudeste MG
Superior Cursando – Ciência da Computação – UFJF
Experiência Profissional
HospedaUp – (Internet) Desenvolvimento de Sistemas, Desenvolvimento WEB (Sites personalizados, aplicações, Blogs), programação
Hospital Universitário – (Tecnologia e Informática) Estágio extra-curricular, técnico com foco em montagem e manutenção, Infraestrutura
Minicurso Introdução a Programação com Python O objetivo principal deste mini-curso é introduzir os inscritos a linguagem Python, apresentando conceitos essenciais para o entendimento de um programa escrito nesta linguagem. Será abordado como a sintaxe das instruções é organizada, mostrando como utilizar e construir estruturas de dados, além de demonstrar o uso de algumas bibliotecas de computação científica. Concluindo o curso serão apresentados pacotes construídos em Python e que são utilizadas nas mais diversas áreas da Computação. Lucas Berg Atualmente é doutorando em Modelagem Computacional e membro do Laboratório de Fisiologia Computacional (FISIOCOMP) da Universidade Federal de Juiz de Fora desde 2013. Participou da etapa regional da Maratona de Programação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) em 2015. Possui experiência na área de Biologia Computacional, Computação Científica, Modelagem Computacional da Eletrofisiologia Cardíaca e Computação de Alto Desempenho.
Minicurso Introdução ao Aprendizado de Máquina Aprendizado de Máquina pode ser entendido como um conjunto de procedimentos que permitem a um equipamento qualquer melhorar o seu desempenho na execução de alguma tarefa e tem se consolidado como um conjunto de ferramentas essenciais para manipular dados brutos e transformá-los em tendências e previsões refinadas. Esse minicurso tem como objetivo introduzir o conceito de Aprendizado de Máquina e suas principais técnicas com aplicações em exemplos ilustrativos em linguagem de Programação Python. O minicurso trata das principais bibliotecas para análise de dados e utilização de técnicas de aprendizado de máquina tais como NumPy, Pandas, scikit-learn e Matplotlib. Leonardo Goliatt Possui graduação em Engenharia Civil pela (UFJF,2003) e Doutorado em Modelagem Computacional (LNCC, 2009). Atuou como professor do Departamento de Ciências Matemáticas e Naturais da UFES (2010). É professor do Departamento de Mecânica Aplicada e Computacional (UFJF) e atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Computação Evolucionária, Inteligência Computacional e Ciência de Dados, atuando em aprendizado de máquina, metaheurísticas, metamodelos, otimização estrutural e simulação.
Minicurso Introdução ao Docker e Microsserviços Microsserviços tem se destacado cada vez mais no desenvolvimento de software. Eles ajudam a diminuir sua complexidade de desenvolvimento, tornam a manutenção mais fácil e também permitem escalar serviços mais facilmente. Este minicurso tem o objetivo de mostrar conceitos de Microsserviços e também o uso do Docker, uma poderosa ferramenta de conteinerização de aplicações, que facilita o desenvolvimento e o deploy de serviços. João Souza e Rodolpho Rossete João Victor de Souza: Graduando em Ciência da Computação pela UFJF no 9º período. Já foi estagiário da RNP e atualmente é estagiário do CAEd.
Rodolpho N R Souza: Graduando em Ciência da Computação pela UFJF no 9º período. Atualmente bolsista do projeto MinasDevTest, voltado para pesquisa em Microsserviços
Minicurso Introdução ao Latex LaTeX é um conjunto de macros para o software de diagramação de textos TeX. Muito utilizado na produção de textos técnicos e científicos, o LaTeX é um software livre indicado para quem deseja elevar a qualidade e produtividade no desenvolvimento de artigos e apresentações. Com o objetivo de ensinar não só aos estudantes da Ciência da Computação, mas também qualquer pessoa interessada em aprender a utilizar o LaTeX, esse minicurso abordará como começar a escrever artigos e apresentações em TeX, passando por alguns ambientes muito utilizados, como: listas, tabelas, equações e figura. Camila Saporetti Doutoranda em Modelagem Computacional na Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestre em Modelagem Computacional pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Graduada em Bacharelado em Ciências Exatas pelo Instituto de Ciências Exatas, em Engenharia Computacional pela Faculdade de Engenharia e em Ciência da Computação pelo Instituto de Ciências Exatas todos pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem interesse na área de Ciência da Computação, com ênfase em Inteligência Computacional.
Minicurso Introdução ao R Na era da informação, para chegar à conclusões importantes a partir da quantidade de dados disponíveis, é preciso analisar estes dados. Uma ferramenta muito utilizada, na área da estatística, para auxiliar esses estudos é a linguagem R. Por ser uma linguagem aberta, estão disponíveis diversas funções úteis de forma gratuita. Assim, o objetivo desse minicurso é introduzir o ambiente R, iniciando por princípios básicos, até a apresentação de exemplos práticos. Iago Azevedo Engenheiro de Produção pela UERJ, onde trabalhou com modelos de eventos discretos através do software Promodel e também atuou como bolsista em práticas de gestão de incubadora de empresas. Posteriormente, trabalhou na área de operações logísticas, onde lidou com projetos, enquanto concluía sua especialização em gerenciamento de projetos pela FGV. Atualmente, mestrando em modelagem computacional pela UFJF, onde trabalha em métodos de previsão para o mercado de energia, com uso da linguagem R.
Minicurso Introdução ao React com Redux React é uma biblioteca Javascript criada pelo Facebook para desenvolvimento de interfaces gráficas. Tem sido largamente adotada no mercado de desenvolvimento de software por todo o mundo. Geralmente é utilizada em conjunto com o Redux, cuja função é gerenciar o estado da aplicação. Neste minicurso vamos estudar a implementação de aplicações com as tecnologias React/Redux. Raffael Bechara Raffael Bechara Rameh é arquiteto de sistemas com experiência de 15 anos no mercado de software. Atuou em diversas empresas do ramo. Graduou-se em Computação pela UFF e possui mestrado em Modelagem Computacional pela UFJF. Além disto, cursou Ciência da Computação parcialmente pela UFJF. Iniciou seus estudos de forma autodidata em 1995 e desde então tem trabalhado com uma considerável gama de tecnologias, do Assembly ao Java. Possui grande fascínio pela programação de computadores.
Minicurso Testes Automatizados em Java e Python Serão apresentados conceitos de Teste de Software, incluindo as técnicas funcional e estrutural. Apresentaremos as ferramentas JUnit e unittest para efetuar testes funcionais e estruturais nas linguagens Java e Python. Hugo Tavares de Almeida e
Jean Carlos Paiva Miranda
Desenvolvedores da ferramenta PySoCA que auxilia no teste estrutural de programas em Python. Premiados no concurso International Software Testing Contest, realizado durante o III Sast – Brazilian Symposium on Systematic and Automated Software Testing na Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, São Paulo. Atualmente em projetos de Iniciação Científica nos tópicos de geração de dados de teste e teste de Sistemas de Sistemas (SoS).
Palestra "Tamanho único" não serve em todo mundo: Personalização do ensino em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. O foco das principais tecnologias baseadas na melhoria da educação por muitos anos tem sido a transferência de informação baseada na figura central de um professor. Nos principais Ambientes Virtuais de Aprendizagem o mesmo acontece, onde a principal atividade do professor é fornecer conteúdo educacional que atenda a aspectos comuns entre os alunos. Contudo, a contextualização da experiência de aprendizagem do aluno, bem como suas características intrínsecas e extrínsecas são desconsideradas. Todavia, "tamanho único" não serve em todos, tão pouco se tratando de ensino… Marcelo Machado Bacharel em Ciências Exatas e Ciência da Computação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Mestre em Ciência da Computação pela mesma universidade. Atualmente é desenvolvedor Full Stack na Processa Sistemas e atua como Pesquisador no Laboratório de Aplicações e Inovação em Computação (LApIC) da UFJF.
Palestra Ciências de Dados e Aplicações em Bancos Os clientes bancários movimentam uma grande parcela da economia brasileira, a 8ª maior economia do mundo, gerando uma grande quantidade de dados que são utilizados para atender cada vez melhor os seus clientes. Isso cria a necessidade de uma equipe de especialistas capazes de trabalhar com ferramentas e técnicas que permitem resolver problemas complexos com dados, trazendo a abordagem de Big Data Analytics para o centro dos projetos. Tales Lima Possui graduação em Engenharia Computacional (2016), Ciência da Computação (2016) e Ciências Exatas (2014) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2014). Mestre e, atualmente, Doutorando no curso de Modelagem Computacional no Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional (PPGMC) da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Inteligência Computacional, com ênfase em Otimização e Aprendizado de Máquina. Atualmente é cientista de dados no Itau.
Palestra Como lidar com grande volume de dados no dia-a-dia Muito se fala em persistência e consistência de dados, mas como isso funciona no dia-a-dia da Indústria? O Volume de dados pode chegar na casa de trilhões de mensagens trocadas entre sistemas por dia, para isso, é necessária a garantia da entrega da informação e tolerância a falhas. Diversas alternativas podem ser implementadas como serviço de mensageria. Vamos ver como o Apache Kafka® pode resolver boa parte desses problemas. Frederick Moschkowich
(Parque Tecnológico Itaipu)
Analista de Sistemas no Parque Tecnológico de Itaipu, atuando no Laboratório de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos (LASSE).
Palestra Fog Computing: Um Novo Paradigma Computacional? Nesta palestra vamos discutir as abordagens de IoT, Edge e Fog Computing como elementos de um novo paradigma computacional distribuído e paralelo, visando trabalhar o desafio de big data. Desta forma, além de apresentar os elementos como players de novas configurações computacionais, iremos apresentar e discutir configurações, aplicações reais e desafios desse novo paradigma computacional em termos tecnológico e de mercado. Mário Dantas Professor Titular no DCC da UFJF, e do PPPGCC. Com doutorado em Computação University of Southampton (UK), estágio pós-doutoral e visiting professor na UWO (Canada), e Senior Visiting Scientist no Riken (Japão). O Professor é autor de 50 artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais e mais de 150 artigos científicos publicados em eventos em 22 países nas áreas de IoT, redes de computadores, computação móvel e computação paralela e distribuída de alto desempenho. É autor de 3 livros e 18 capítulos em livros editados nos Alemanha, Canadá, EUA, Holanda e Inglaterra sobre os tópicos de computação distribuída. Estes trabalhos renderam três prêmios internacionais e quatro nacionais. Dantas foi Professor do PPGCC e EGC) da UFSC e da UnB, foi analista de sistemas pr dez anos na Petrobrás, no Centro Tecnológico do Exército (Ctex), no suporte a ambientes de rede e ao desenvolvimento de aplicações distribuídas. Atuou em diversos cursos de especialização na área de computação. Dantas já orientou centenas de trabalhos de graduação, especialização, mestrado e doutorado em tópicos relativos à área de sistema de computação, além de ter sido homenageado vinte e uma vezes por sua atuação na graduação na UnB e UFSC. Em adição, o Prof. Dantas tem atuado como consultor em diferentes projetos de pesquisa com a indústria nas áreas de redes, sistemas distribuídos, ambientes de alto desempenho e Internet of Things (IoT).
Palestra Jogos Digitais para Processos Públicos Os jogos no decorrer dos anos vêm sendo utilizados como ferramentas eficazes ao ensino, educação, treinamento, o qual agrega formas atrativas de transmitir conhecimento a um público cada vez mais conectado digitalmente. De maneira semelhante, as organizações públicas (ou não) por meio de decretos, leis e acordos, vislumbram atrais seus clientes para contribuírem com seus processos organizacionais, fornecendo ideias e novas visões sobre como um processo executado, permitindo mudanças inovadores nos mesmos. Entretanto, ao se considerar as instituições públicas, existe um distanciamento histórico entre elas e seus clientes (cidadãos), uma vez que os cidadãos enxergam os serviços prestados por elas, apenas um mal necessário. Neste cenário, o uso de jogos digitais se torna atrativo para as organizações tentarem explicar como seus processos organizacionais são executados de uma maneira direta e lúdica, uma vez que jogos possuem por natureza características como engajamento e imersão de quem os utilizam. Mas, apesar de tentar facilitar a compreensão dos processos por meio de jogos digitais, existem vários desafios para construir estes jogos: como apresentar o contexto organizacionais, as regras do negócio, o fluxo do processo e outras variáveis no ambiente do jogo, tornando-o menos burocrático ou determinístico como a execução de um processo de negócio, mas também sério o bastante para transmitir conhecimento. Portanto este é o foco desta palestra, apresentar a visão de um método de design de jogos digitais para a construção de jogos baseados em processos de prestação de serviços públicos para a compreensão dos cidadãos. Tadeu Classe Doutorando em Informática na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO / PPGI). Participante do grupo de pesquisa Sistemas de Informação de Governo Abertos e Colaborativos (SIGAC) e no Núcleo de Inovação e Pesquisa em Ciberdemocracia (CIBERDEM), com foco em Democracia Eletrônica e Interações Digitais Governo Cidadão. Participante do Laboratório de Ludologia, Engenharia e Simulação (LUDES) da COPPE na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com fogo no estudo das diferentes utilidades e aplicações de jogos. Mestre em Ciência da Computação na Universidade Federal de Juiz de Fora (PGCC / UFJF). Graduado no Curso Bacharelado em Sistemas de Informações do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES / JF). Técnico em Informática Industrial pelo Colégio Técnico Universitário (CTU / UFJF). Analista de Sistemas na Empresa Projetus Tecnologia de Informação. Professor dos cursos de Sistemas Para Internet e Análise e Desenvolvimento de Sistemas das Faculdades Integradas Vianna Júnior.
Palestra Medição e Análise na Cultura ágil Novas tecnologias, novas exigências, alta competitividade, concorrência internacional, crescimento exponencial são apenas alguns ingredientes no contexto atual da globalização e que requerem das organizações mais rapidez nas repostas, direcionamentos e nas entregas dos softwares. O intuito da medição na cultura ágil é fornecer informações para calibrar e corrigir o rumo em relação ao objetivo final o quanto antes e ser o mais assertivo possível nas tomadas de decisões. Fabiana Rosa (Stefanini) Graduada em Tecnologia em Processamento de Dados. pelo CES-JF, MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV, Especialista em Melhoria de Processo de Software pela UFLA, Certificada CSM e CSPO pela Scrum Alliance. Já atuou como suporte, analista de sistemas, analista de projetos e analista de BI. Atualmente, atua como analista de negócios, Product Owner e como analista de processos. Interessa-se por Cultura ágil, Scrum, Medição e análise e Management 3.0
Palestra O futuro de 'De Volta para o Futuro' chegou! Eu estou seguro? Há pouco mais de 30 anos, Marty McFly fazia sua primeira viagem no tempo, a bordo de um DeLorean. O futuro imaginado no filme consegue ser, ao mesmo tempo, semelhante e diferente do que vivemos hoje. Tecnologias como carros sem motorista, cidades inteligentes e drones já é realidade. Mas… o quanto nós estamos seguros? Vânia Neves É Professora Adjunta na UFJF e colabora com Consiglio Nazionale delle Ricerche de Pisa, na Itália. Possui mestrado e doutorado em Ciências da Computação e Matemática Computacional pela Universidade de São Paulo (ICMC-USP). Foi pesquisadora visitante nos grupos Software Engineering & Dependable Computing (SEDC), do ISTI/CNR, e do DEpendable Evolvable Pervasive Software Engineering (DEEP-SE), do Politecnico di Milano. Tem experiência em Engenharia de Software, atuando principalmente em teste de software de sistemas modernos.
Palestra Polystores: integrando soluções de armazenamento Nesta palestra introduziremos bancos de dados polystores, uma tecnologia emergente que visa facilitar a organização de sistemas de gerenciamento de bancos de dados, provendo um acesso único e transparente através de uma única interface. Yan Mendes Yan Mendes é bacharel em Ciências Exatas pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Atualmente cursa mestrado em Ciência da Computação pelo Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Juiz de Fora em engenharia de software e banco de dados. Também é graduando em Ciência da Computação na universidade Federal de Juiz de Fora. Seu principal interesse em pesquisa é em banco de dados com enfoque em integração de dados heterogêneos.
Palestra Projetos, oportunidades e carreira em uma das maiores empresas do mundo Nessa palestra, iremos compartilhar a história da Gapso, empresa que surgiu a partir da iniciativa de professores da PUC-RJ em criar sistemas de apoio à decisão.

Em 2015 a Gapso foi adquirida pela Accenture, empresa multinacional com aproximadamente 449 mil colaboradores e presente em 120 países. O Palestrante irá destacar as mudanças pelas quais a Gapso passou, contando um pouco a respeito das portas que uma empresa desse tamanho abrem e dos projetos inovadores que a área de Applied Intelligence atua.

Marcelo Ladeira Reis Marcelo Ladeira Reis é Data Scientist Senior Principal na Gapso, empresa do grupo Accenture, no escritório do Rio de Janeiro, onde ingressou em Março de 2003. É formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Viçosa e mestre em Algoritmos e Otimização Combinatória pela PUC-Rio. Tem artigos científicos publicados em diversas revistas acadêmicas no Brasil e exterior, dentre elas a Mathematical Programming, revista mais importante de Pesquisa Operacional. Possui mais de 15 anos de experiência em Advanced Analytics, tendo atuado em projetos para grandes empresas brasileiras e multinacionais.
Palestra Sistemas Industriais de Automação, Proteção e Controle Nesta palestra é apresentada a Tecnologia da Automação (TA) na prática, com exemplos de sistemas industriais nas áreas de Automação, Proteção e Controle aplicados na Itaipu Binacional. São apresentadas as tecnologias, conceitos e pesquisas necessárias para desenvolvimento dos sistemas, além dos diversos elementos relacionados. O objetivo da palestra é expor como a TA atua, as técnicas e os principais benefícios. Gustavo Herbig
(Parque Tecnológico Itaipu)
Bacharelado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Foz do Iguaçu. 2009-2012.
Palestra Unificação do Time de Negócios e Desenvolvimento com DDD – Domain Driven Design Na maioria dos projetos de desenvolvimento de software, há a separação entre time de negócios e time de desenvolvimento. O que gera a produção de um código fonte que não reflete o funcionamento real do negócio. O time de negócios não consegue entender as regras de negócio ao inspecionar o código e os desenvolvedores tem extrema dificuldade para entender os requisitos. O Domain Driven Design vêm solucionar esse problema e contribuir para aumentar a produtividade de projetos complexos. Maycon Pires Graduado em Sistemas de Informação e MBA em Gerenciamento de Projetos
pela UNESA-RJ, certificado MCP em Writting Queries SQL Server e Professional and Self Coach pelo IBC.
Já atuou como desenvolvedor de software .Net, analista de BI, professor de desenvolvimento, coach e scrum master.
Atualmente, atua como scrum master, desenvolvedor sênior .Net, coach e professor.
Interessa-se por criação de times de alta performance, Scrum, Coach, .Net, Domain Driven Design e educação.
Workshop Oficina de Ideação e Modelagem de Negócios A Oficina de Ideação e Modelagem de Negócios consistem em um conjunto de atividades que tem como objetivo estimular a inovação e o empreendedorismo, assessorando empreendedores na geração e no desenvolvimento de novas ideias ou ideias pré-concebidas. Leonardo Miranda Frossard e Rafael Vítor Gonçalves de Aquino Leonardo Miranda Frossard: Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de São João Del-Rei (2005), Especialista em Finanças (2010) e Gestão de Projetos (2012) pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestrando em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação – PROFNIT – Ponto Focal: UFRJ. Atualmente é economista e Gerente de Empreendedorismo da Universidade Federal de Juiz de Fora, coordenando os Programas de Empreendedorismo (Laboratório de Ideação e Programa de Formação Empreendedora) e a Incubadora de Base Tecnológica do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia – CRITT/UFJF. Tem experiência na área de Gestão da Inovação, Empreendedorismo, Gestão de Incubadoras de Empresas e Economia, com ênfase em Administração Financeira e de Projetos.

Rafael Vítor Gonçalves de Aquino: Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2014), mestrando em Administração pela FACC/UFJF. Atualmente é assistente em administração da Universidade Federal de Juiz de Fora, atuando na Incubadora de Base Tecnológica do CRITT (Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia) no oferecimento de suporte gerencial, captação de recursos via órgãos de fomento e formação empreendedora a empreendimentos nascentes. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Empreendedorismo, Estratégia, Modelagem de Negócios, Marketing e Gestão de Projetos. Foi membro do grupo de pesquisa DESCOR – Desenvolvimento, Sustentabilidade, Comportamento e Organizações e Analista de Projetos Júnior do Escritório de Gerenciamento de Projetos – EGP/UFJF.