UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

ISSN 1983-8379

Normas de Publicação

Você está em: Editorial > Normas de Publicação

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

 

 

  1. Informações Gerais

 

1 – A Darandina Revisteletrônica NÃO emite declarações, certificados e documentos afins, sejam quais forem as necessidades do possível solicitante.

 

2 – A Darandina Revisteletrônica é organizada e dirigida por alunos do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da Universidade Federal de Juiz de Fora. São duas as edições anuais, no primeiro e no segundo semestre. A revista é dedicada a trabalhos de estudos literários e outras práticas culturais, de pesquisadores de universidades nacionais e estrangeiras, graduandos e pós-graduandos.

 

2 – Os trabalhos de alunos graduandos serão aceitos mediante parecer de professor da instituição de origem, ou se apresentados em coautoria com o professor orientador. Nos trabalhos de alunos pós-graduandos, caso sejam produzidos sob orientação, deve constar o nome do orientador em nota de rodapé.

 

3 – São aceitos para publicação artigos, resenhas e textos de criação artística. O material enviado é apreciado por uma Comissão editorial, que seleciona os textos e que poderá enviá-los também a um Conselho editorial formado por professores da Universidade Federal de Juiz de Fora.

 

4 – A Comissão ou o Conselho poderá sugerir ao autor modificações de estrutura ou conteúdo. Serão devolvidos para correção os trabalhos para as modificações. Nenhuma modificação do conteúdo ou estilo será feita sem o prévio consentimento do autor. É do autor a inteira responsabilidade pelo conteúdo do material enviado.

 

5 – Serão aceitos trabalhos em português, inglês, francês, espanhol e italiano. No entanto, não serão acolhidos trabalhos cujo texto contenha erros graves de gramática e ortografia, não estando de acordo com a norma culta padrão de quaisquer das línguas acima citadas.

 

6 – Os artigos, resenhas ou textos de criação artística devem ser enviados ao e-mail da revista (revistadarandina@gmail.com), em duas vias: na primeira, SEM nenhuma identificação de autoria, deve constar apenas o título, o texto a ser publicado e as referências. No segundo arquivo, deve constar o título do trabalho e o nome do proponente. O arquivo do trabalho enviado deve ser nomeado da seguinte forma: Arquivo 1: Artigo (ou texto de criação, ou resenha) – Texto. Arquivo 2: Artigo (ou texto de criação, ou resenha) – José da Silva.

 

7 – É imprescindível que os artigos enviados à revista estejam no TEMPLATE (MODELOS PARA PUBLICAÇÃO), enviados em formato .pdf, seguindo todas as normas listadas abaixo.

 

  1. Formatação e Normatização:

 

  1. Formatação

 

1.1 – Os trabalhos devem ser enviados respeitando a seguinte configuração: em tamanho A4; margens de parágrafo de 1,27 cm; margens esquerda e superior de 3,0 cm e direita e inferior de 2,0 cm; numeração de páginas no canto inferior à direita; fonte Times New Roman corpo do texto 12, espaçamento entre linhas de 1,5 cm, justificado. As citações com mais de três linhas, notas de rodapé, legendas das ilustrações e das tabelas que devem ter espaçamento simples.

 

1.2 – Os textos de criação artística poderão extrapolar as configurações de margem e fonte, não havendo também um número de páginas definido. Serão recebidos, do mesmo autor, no máximo 05 textos de criação artística; destes, serão publicados, no máximo, 03 textos.

 

1.3 – As resenhas devem conter entre 2 e 5 páginas e deverão ter, como objeto, obras teóricas, críticas e literárias. Somente serão aceitas resenhas sobre livros que tenham sido publicados nos últimos cinco anos.

 

1.4 – Os artigos deverão ter no mínimo 5 e no máximo 20 páginas, incluindo as referências bibliográficas, tabelas e ilustrações. É vetado o envio de mais de um trabalho pelo mesmo autor, ainda que este seja mencionado como coautor de outro trabalho.

 

1.5 – O título do trabalho deverá ser disposto na primeira linha do texto, centralizado, em negrito e caixa alta. Na linha subsequente, seguirá o nome do(s) autor(es) à direita, em maiúsculas somente as iniciais dos nomes seguido de nota de rodapé indicando curso e instituição de ensino a que o(s) autor(es) se encontra(m) vinculado(s). Quando houver, agência de fomento.

 

1.6 – Resumo: uma linha abaixo do nome do autor (considerar espaçamento entre linhas de 1,5), escrito na mesma língua do texto. Colocar a palavra RESUMO em caixa alta e negrito, seguida de dois pontos, sem recuo de parágrafo. Redigir o texto em parágrafo único, espaço 1,15, justificado, de no máximo 5 linhas, dando preferência ao uso de terceira pessoa do singular e voz ativa. Fonte: Times New Roman, corpo 11, para todo o resumo. Inserir de três a cinco palavras-chave, duas linhas abaixo do resumo, separadas por ponto e vírgula.

 

1.7 – Imediatamente abaixo ao resumo na língua do texto, o autor deverá incluir também, um resumo em língua estrangeira (uma das quatro permitidas para publicação na revista), acompanhado de suas respectivas palavras-chave.

 

  1. Normatização

 

2.1 – Espaçamento: espaçamento 1,5 cm entre linhas do texto. No caso de citações com mais de três linhas e outros elementos, tais como tabelas, figuras e similares, o espaçamento entre tais elementos e o texto do artigo deve ser um espaço com entrelinha de 1,5 cm (equivalente a “um enter”) antes e depois.

 

2.2 – Citações: no corpo do texto serão de até 03 linhas entre aspas duplas e na mesma fonte do texto. Citações maiores do que 03 linhas fora do corpo do texto. Fonte: Times New Roman corpo 11, em espaço simples, com recuo de 4 cm à esquerda (neste caso, não se faz necessário os uso de aspas). As referências deverão ser indicadas entre parênteses, com as seguintes informações: sobrenome do autor em caixa alta, vírgula, data da publicação, abreviatura de página e o número desta. Exemplo: (COSTA, 2003, p. 1-10). Não utilizar idem ou ibidem!

 

2.3 – Citações traduzidas de língua estrangeira: usar a tradução no corpo do texto e o texto na língua original em nota de rodapé.

 

2.4 – Citações de títulos de obras teóricas e de ficção e os títulos de álbuns de música devem vir em itálico; títulos de textos como poemas, contos, capítulos de livros ou canções devem vir entre aspas duplas. Palavras estrangeiras deverão ser grafadas em itálico.

 

2.5 – Notas: se necessárias, devem ser colocadas no rodapé da página, numeradas sequencialmente, sobrescritas, com algarismos arábicos, no decorrer do texto. Fonte: Times New Roman, corpo 10. Alinhamento justificado, sem espaçamento entre notas, espaço 1,15 dentro da nota.

 

2.6 – Títulos e subtítulos das seções: em numeração arábica, sem recuo de parágrafo, em negrito (numeração, título e subtítulo), com maiúscula somente para a primeira letra da primeira palavra da seção. Usar o sistema “número seguido de ponto final”. Exemplo: 1. A construção dos sentidos. Não numerar Introdução, Conclusão e Referências.

 

2.7 – Elementos ilustrativos: tabelas, figuras, fotos, etc., devem ser inseridas no texto, logo após serem citadas, contendo a devida explicação na parte inferior da mesma, numeradas sequencialmente, seguindo a mesma fonte e espaçamento do texto.

 

2.8 – Referências citadas no texto deverão aparecer completas no final do artigo em ordem alfabética de sobrenome do autor, atendendo aos padrões da ABNT 6023, na seção REFERÊNCIAS. Todas as referências deverão estar alinhadas à direita e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaçamento simples.

 

2.9 – OBSERVAÇÃO: Quando se tratar de obras consultadas online, também são essenciais as informações sobre o endereço eletrônico, apresentado entre os sinais < >, precedido da expressão “Disponível em”: e a data de acesso ao documento, precedida da expressão “Acesso em:”.

 

Livros: nome do(s) autor(es), título (em itálico), edição, local, editora e data.

 

PEDROSA, Israel. Da cor à cor inexistente. 6. ed. Rio de Janeiro: L. Cristiano, 1995.

Capítulos de livros: nome do(s) autor(es) do artigo; título do capítulo; título do livro em itálico; organizador(es) da coletânea; número da edição (a partir da 2ª); local de publicação.

 

ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, Giovanni & SCHMITT, Jean-Claude (Orgs). História dos jovens II: a época contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

 

Artigos de periódicos: nome do(s) autor(es), título do artigo: subtítulo (se houver).  Título do periódico, Local, volume, número, páginas, mês e ano.

 

NOGUEIRA, Roberto Passos. Para uma análise existencial da saúde. In: Interface: Comunicação, Saúde, Educação. Botucatu, v. 10, n. 20, p. 333-345, jul./dez. 2006.

 

Monografias, dissertações e teses:

 

MINTO, Lala Watanabe. O público e o privado nas reformas da usina superior brasileiro: do golpe de 1964 aos anos 90. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2005.

 

RODRIGUES, Vagner Jose do Sacramento. Gerencia de privacidade para aplicações sensíveis ao contexto em redes móveis. 2006.  Tese (Doutorado em Informática) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

 

Congresso, Conferências, Encontros e outros eventos:

 

CONGRESSO BRASILEIRO DE FLORESTAS TROPICAIS, 1., 1985, Belém. Anais… Belém: Livros Técnicos, 1985. 320p.

 

Documentos eletrônicos:

 

ALVES, Castro. Navio negreiro. [S.l.]: Virtual Books, 2000. Disponível em: <http://www.terra.com.br/virtualbooks/freebook/port/Lport2/ navionegreiro.htm>. Acesso em: 10 jan. 2002.

 

CD-ROM:

 

KOOGAN, André; HOUAISS, Antonio (Ed.). Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikmam. São Paulo: Delta: Estadão, 1998. 5 CD-ROM. 

Darandina Revisteletrônica