UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

ISSN 1983-8379

INICIAL

Data: 7 de abril de 2015

Dos diversos instrumentos do homem,

o mais assombroso é, indubitavelmen-

te, o livro. Os outros são extensões do

seu corpo. O microscópio e o telescó-

pio são extensões da vista; o telefone

é o prolongamento da voz; seguem-se

o arado e a espada,  extensões  do seu

braço. Mas  o  livro  é  outra  coisa:  o

livro é uma extensão da memória e da

imaginação.

(Jorge Luís Borges, in “Ensaio: O Livro”)

 

Evocar um pensamento de Borges no qual a importância do livro na vida das pessoas é destacada pode parecer estranho, tendo em vista que o propósito desta apresentação é falar sobre uma revista eletrônica. Não nos esqueçamos que o uso do computador pessoal era restrito na época vivida pelo escritor argentino e que a literatura – em sua quase totalidade – se realizava no meio impresso.  Hoje, reconhecidamente, o livro eletrônico apresenta-se como opção de leitura, funcionando como “extensão da memória e da imaginação” par excellence. A criatividade humana pode ser registrada não somente no formato códice, mas também no ambiente virtual, com a mesma qualidade e eficiência, ouso a dizer. E é sob esse ponto de vista que situamos a Darandina  Revisteletrônica.

Fundada em 2008, por iniciativa de pós-graduandos do PPG Letras:Estudos Literários da Universidade Federal de Juiz de Fora, a revista eletrônica Darandina tornou-se, em pouco tempo, referência na área para pesquisadores interessados na divulgação de suas atividades. Sempre em busca da excelência, ela valoriza e incentiva a produção acadêmica do corpo discente em geral, com temática variada e em dia com as tendências artísticas no país e no exterior, com chamadas regulares para submissão de trabalhos nos meses de abril e outubro.

Liderada por comissão editorial composta por dedicados mestrandos e doutorandos, em diálogo permanente com o conselho editorial de professores do Programa, Darandina é garantia da boa leitura, da reflexão e do questionamento. Trata-se de um espaço em que a diversidade impera, onde os escritos de Camões, Nabokov, Eça de Queiroz, Adélia Prado, Manuel Bandeira, Paul Aster – só para citar alguns autores que inspiraram  ensaios em edições passadas –  convergem e se oferecem aos leitores sob múltiplas  perspectivas críticas.

Creio que a melhor apresentação que poderia fazer – convite gentilmente feito pela comissão editorial – é pura e simplesmente apontar para os arquivos no site, para toda a bela coletânea que lá se encontra, recomendar as leituras e dizer: “esta é a Darandina, mundo  virtual permanentemente em expansão e construção, a serviço da manifestação artística e do prazer que a literatura provoca.”

 


Rogério de Souza Sérgio Ferreira

COORDENADOR DO PPG LETRAS: Estudos Literários

    Darandina Revisteletrônica