UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Capacitações

Você está em: Capacitações

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dados indicam que tabaco, álcool e drogas ilícitas estão entre os 20 maiores fatores de risco de problemas de saúde. Organização Mundial de Saúde.


As conseqüências associadas ao uso de álcool e outras drogas apontam a necessidade de ações de prevenção para a melhoria de saúde da população.


No entanto, grande parte dos profissionais de saúde sentem-se despreparados para lidar com estes problemas.


As capacitações são desenvolvidas em empresas, serviços de Atenção Primária à Saúde (APS) e outros setores estratégicos da sociedade.

 

Objetivos

 

Um pouco de nossa experiência

Desde 2003, o CREPEIA tem visado o desenvolvimento de uma metodologia cientificamente adequada para a implementação de estratégias de prevenção ao uso de álcool em serviços de APS.

Já realizamos a disseminação de práticas de prevenção para cerca de 800 profissionais de saúde.

 

Municípios atendidos – Juiz de Fora, Cataguases, Três Rios-RJ, Ewbanque da Câmara, Guarani, Lima Duarte, Rio Novo, Rio Pomba , Santos Dumont e São João Nepomuceno.

Empresas atendidas – 4o. Batalhão de Bombeiros Militares de Minas Gerais, Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais (Juiz de Fora), Companhia de Saneamento Municipal – CESAMA, Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanização – EMPAV.

 

Etapas das capacitações

Todo o projeto é sistematicamente avaliado pelo CREPEIA. Com nossa experiência apresentamos as seguintes etapas:

  1. Sensibilização – pesquisadores e colaboradores fazem reuniões de discussão e sensibilização com setores do município identificados como importantes para a consolidação do projeto.
  2. Capacitação – profissionais que fazem parte das equipes de PSF são convidados a participarem da capacitação sobre a aplicação de estratégias de prevenção do uso de álcool e outras drogas. A capacitação tem carga horária de 12 horas, sendo dividida em dois módulo de 6 horas: Módulo I: Epidemiologia do Uso de Álcool e Outras Drogas,Aplicação do  Instrumento de Triagem ASSIST; Módulo II: Como realizar Intervenções Breves
  3. Acompanhamento – acompanhamento semanal durante três meses da aplicação das estratégias de prevenção e discussão posterior dos casos encontrados.

 

Ao término, os profissionais de saúde recebem certificados emitidos pelo CREPEIA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cursos

São ofertados 4 cursos através do Centro Regional de Referência sobre Drogas de Juiz de Fora:

 

Atenção Integral aos Usuários de Crack para Médicos da Atenção Básica

Visa capacitar profissionais quanto as repercussões clínicas do uso de crack e outras drogas, abordagens psicossociais e rede assistencial para melhor atender aos usuários.

 

Aperfeiçoamento em Crack para Profissional em Hospital Geral

Visa capacitar o profissional de saúde para realizar o atendimento de usuários de crack e outras drogas em hospital geral em casos de uso crônico, intoxicação aguda e abstinência.

 

Reinserção Social de Usuários de Crack para Profissionais do SUS e SUAS

Visa capacitar profissionais para desenvolverem estratégias de reinserção de usuários de drogas no contexto sóciocomunitário aprimorando o processo de recuperação.

 

Aconselhamento e intervenções breves para Profissionais do SUS e SUAS

Visa capacitar profissionais a realizar o atendimento ao usuário de drogas de acordo com as estratégias da Entrevista Motivacional e Intervenção Breve atuando na motivação para mudança.

 

Para conhecer um pouco mais, clique aqui para entrar na página do centro.

 

Contato:

Entre em contato conosco através do e-mail: nucleo.crepeia@ufjf.edu.br

Compartilhe:

    CREPEIA – Centro de Pesquisa, Intervenção e Avaliação em Álcool e Outras Drogas