UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Regulamento

Você está em: Curso > Trabalho de Conclusão de Curso > Regulamento

4.7. REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO

 

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), do Bacharelado em Cinema e Audiovisual é obrigatório e está estabelecido de acordo com regulamento descrito abaixo.

Regulamento Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

 

CAPÍTULO I – Das Disposições Preliminares

Art. 1. O Trabalho de conclusão de curso (TCC) é obrigatório para a conclusão do curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual, segundo ciclo do Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design e não pode ser substituído por outra atividade.

Parágrafo Primeiro – O trabalho de conclusão de curso (TCC) será de caráter teórico ou teórico/prático, possibilitando a(o) discente articular conhecimentos adquiridos ao longo do curso do Bacharelado em Cinema e Audiovisual.

Parágrafo Segundo – O trabalho de conclusão de curso (TCC) poderá ser individual ou, no caso do desenvolvimento de um trabalho prático, poderá ser realizado em dupla.

Art. 2. O TCC possui como objetivos imediatos: 

 

CAPÍTULO II – Da Realização do TCC

Art. 1. No início do primeiro período do curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual, o(a) discente deverá apresentar um pré-projeto de pesquisa, conforme modelo do Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design, e indicar dois possíveis orientadores para o TCC, que obrigatoriamente deverão ser docentes vinculados ao curso de Cinema e Audiovisual ou um professor credenciado junto ao NDE do curso.

Parágrafo Primeiro – O(A) discente poderá ter um(a) professor(a) co-orientador(a) que, poderá estar vinculado a outro curso do Instituto de Artes e Design ou da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Parágrafo Segundo – O(A) discente deverá encaminhar a(o) coordenador(a) do Bacharelado em Cinema e Audiovisual, em data especificada pela coordenação no início do segundo semestre, o formulário próprio contendo: a) o título do TCC; b) resumo do TCC; c) indicação de dois possíveis Orientadores e co-orientador(a), quando for o caso.

Parágrafo Terceiro – Caso o(a) professor(a) orientador(a) tiver um número excessivo de orientação, o NDE poderá designar um outro(a) docente para a atividade de orientação, procurando o equilíbrio nas atividades entre os docentes.

 

Art. 2.  A solicitação pelo(a) discente de alteração do(a) orientador(a) durante o processo de elaboração do TCC, só será permitida quando outro(a) docente assumir sua orientação, mediante comunicação à coordenação e anuência do antigo orientador.

 Parágrafo Primeiro – A alteração de orientação deverá ser aprovada no NDE.

 Parágrafo Segundo – Em casos que envolverem problemas de qualquer natureza entre o(a) discente e orientador(a), caberá a(o) Coordenador(a) do curso encaminhar a solução junto ao NDE.

Art. 3 – Compete ao Professor(a) Orientador(a):

  1. Colaborar com o estudante na elaboração do programa das atividades a serem desenvolvidas;
  2. Acompanhar o desenvolvimento das atividades programadas;

III. Emitir parecer, conforme formulário próprio, a cada fim do semestre quanto ao desenvolvimento do TCC pelo(a) orientando(a)

  1. Presidir a banca de exame de TCC do qual for orientador.
  2. Aprovar a relação dos membros que comporão a banca avaliadora;

 

 

CAPÍTULO III – Do Exame de TCC

 Art. 1. O(A) discente deverá ter concluído as disciplinas de Laboratório de criação I, II e III e/ou estar cursando apenas a disciplina de Laboratório de criação III oferecida no terceiro período do curso para proceder a defesa do TCC.

Art. 2. O aluno deverá estar matriculado na disciplina ART314 – TCC para proceder a defesa do TCC.

Art. 3. O trabalho final de conclusão de curso deverá seguir as normas estabelecidas pela ABNT e deverá ter no mínimo 40 laudas tamanho A4, incluído a referência bibliográfica, impressas em espaço duplo.

Parágrafo primeiro – A folha de rosto do TCC deverá conter:

  1. No alto da página, em três linhas: Universidade Federal de Juiz de Fora, Instituto de Artes e Design, Curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual;
  2. No centro da página: o título do trabalho e abaixo o nome do autor;

III. Na parte inferior, com recuo 4 à direita da página: Trabalho de Conclusão de Curso em Bacharelado em Cinema e Audiovisual sob orientação e/ou coorientação de (nome do professor)

  1. No rodapé da página: cidade (Juiz de Fora) e ano.

Art. 4. O(A) discente deverá apresentar o exemplar final de TCC em um prazo de até 20 (vinte) dias antes da data marcada para a defesa, que deverá ocorrer dentro do período letivo conforme calendário acadêmico da UFJF. A elaboração final do TCC deverá ser entregue pelo(a) discente diretamente aos membros da banca examinadora.

Parágrafo Primeiro – A definição da data de defesa e da composição da Banca será de responsabilidade do(a) discente e do seu orientador ou orientadora.

Parágrafo Segundo – A composição da Banca Examinadora, em formulário próprio, poderá ser encaminhada à coordenação do curso de Cinema e Audiovisual,  uma vez constatada a disponibilidade dos membros na DATA e HORÁRIO propostos. A consulta e confirmação desta disponibilidade ficará sob a responsabilidade do(a) aluno(a) e de seu orientador ou orientadora.

Art. 5. A indicação/reserva, bem como a disponibilidade do local para a realização do exame em área interna ou externa ao IAD, é de responsabilidade do(a) aluno(a)/orientador(a).

 

 

CAPÍTULO IV – Da Defesa

Art. 1. Seguindo critérios estabelecidos pelo Regulamento Acadêmico de Graduação (RAG) da UFJF, a banca examinadora deverá constar de três membros. Ao menos dois professores membros da banca deverão ser vinculados ao curso de Cinema e Audiovisual, sendo um deles o orientador que presidirá a Banca.

Art. 2. A apresentação do TCC deverá seguir o seguinte roteiro:

  1. exposição do trabalho pelo(a) discente, ou dupla de discentes, com a duração máxima de 15 minutos;
  2. arguição do(a) discente pelos membros da banca.

III. resposta do(a) discente a cada examinador.

  1. avaliação conjunta feita pelos membros da banca (sem a presença do(a) discente);
  2. leitura pública da nota e comentários finais;
  3. redação de ata feita pelo(a) orientador(a) e assinada por todos o membros da banca.

Art. 3. A Banca Examinadora avaliará o relatório escrito e o desempenho do candidato na argüição, emitindo parecer em ata como:

  1. Aprovado
  2. Reprovado

Parágrafo Primeiro – O(A) discente aprovado(a) deverá encaminhar à coordenação do curso a versão final em uma via digital, no prazo máximo de uma semana. Ambas as vias com a folha de aprovação devidamente assinada pelos membros da banca.

Parágrafo Segundo – Caso o(a) discente não entregue as versões finais do TCC  no prazo de uma semana, sua avaliação ficará retida, ficando o(a) discente impedido de formar.

Parágrafo Terceiro – A versão final do TCC será disponibilizada no site do curso.

 

 

CAPÍTULO V – Das Disposições finais

Art. 1. Os casos omissos deverão ser definidos pelo coordenador(a) do curso, em consulta ao Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Bacharelado em Cinema e Audiovisual.

Bacharelado em Cinema e Audiovisual