UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Transformação Em Departamento De Assuntos E Registros Acadêmicos – DARA

Você está em: Cdara > História da Cdara > Transformação Em Departamento De Assuntos E Registros Acadêmicos - DARA

Tendo em vista a vertiginosa expansão da UFJ, o Conselho Universitário aprovou uma nova reestruturação administrativa da universidade. A Secretaria Geral, foi transformada em Departamento de Assuntos e Registros Acadêmicos, conforme a Resolução nº 20/74, de 06 de setembro de 1974. O novo Departamento foi contemplado com duas Divisões e seis seções administrativas. Atrvés da Resolução nº 02/75, do mesmo Conselho,  que aprovou o novo Regimento da Reitoria, o Departamento de Assuntos e Registros Acadêmicos  passou a integrar a área de Coordenação da Reitoria e mereceu amplo detalhamento através dos artigos 36 a 41 do Regimento.

 

Em consequência da transformação, o Secretário Geral da Universidade foi nomeado, pela Portaria nº 191, de 10 de dezembro de 1975, do Magnífico Reitor, Diretor do Departamento de Assuntos e Registros Acadêmicos, respondendo, também, pela Secretaria Geral da Universidade. Os primeiros Diretores de Divisão e Chefes de Seções foram indicados pelo diretor do Departamento e nomeados pelo Reitor, compondo a primeira estrutura administrativa do DARA.

 

Devido à expansão das atividades do DARA, em 1977 foi desativado o serviço de mecanografia, passando o trabalho a ser executado pelas secretarias das unidades acadêmicas. A elaboração de horários e matrículas passou a ser atribuição dos coordenadores de curso, sob a supervisão do DARA.

 

Em julho de 2005, a Reitora Maria Margarida Martins Salomão transferiu a Reitoria do Centro da cidade para o Campus, ocupando uma vasta área do prédio da biblioteca Central. Com a mudança, a Coordenadoria foi transferida para o prédio do CPD, onde se encontra até hoje.

 

Com a mudança física, o setor de atendimento público foi desmembrado da CDARA e transferido para a Central de Atendimento da UFJF, que funciona no prédio da Reitoria.

 

O objetivo da descentralização foi propiciar um atendimento centralizado a todos os usuários da UFJF, seja o público externo ou interno.