UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Tecnologias sociais auxiliam famílias valadarenses atingidas por desastre ambiental

Data: 2 de fevereiro de 2018

Durante esta semana, o campus avançado da UFJF em Governador Valadares divulga as principais ações institucionais e atividades realizadas pelos integrantes dos projetos de extensão da UFJF-GV junto à comunidade valadarense. A última matéria da série é sobre duas tecnologias sociais que estão mudando a vida de 62 famílias da região. Na primeira matéria, foram apresentadas as atividades que envolvem diretamente a população envolvida nos desastres ambientais de Mariana, e, na segunda, as ações que visam à conscientização ambiental e o combate à manipulação de informações. 

 

O programa Boa Vizinhança, que integra cinco projetos realizados em Governador Valadares e região, tem como objetivo estimular, apoiar e promover projetos que atendam às demandas das comunidades ribeirinhas afetadas pelo rompimento das barragens em Mariana. As ações acontecem desde o final do primeiro semestre de 2017, e contemplam as áreas de Saúde, Meio Ambiente, Comunicação e Direitos Humanos e Justiça. 

 

 

Tecnologias sociais que atuam na solução de problemas

Projeto Gustavo (Foto 10)

Integrantes das comunidades envolvidas nos projetos realizados em parceria com a UFJF-GV. (Foto: divulgação)

O problema da escassez de água também é o foco do projeto “Tecnologias Sociais – Gestão da Água e Produção Agroecológica no Médio Rio Doce”. Coordenado pelo Técnico-Administrativo em Educação, Gustavo de Almeida Santos, o projeto de extensão auxilia na implantação de cisternas e hortas em comunidades da região de Governador Valadares. São as chamadas tecnologias sociais, que buscam oferecer experiências inovadoras para solucionar problemas da sociedade. No caso das comunidades alvo do projeto, o problema é a escassez e contaminação da água decorrentes do rompimento das barragens em Mariana.

 

Tanto as cisternas quantos as hortas são iniciativas de instituições ambientais. O papel principal da UFJF-GV é acompanhar essas ações, oferecendo mão-de-obra e promovendo treinamento e atividades de conscientização da população das comunidades beneficiadas sobre cada uma das tecnologias.

 

As cisternas de placas pré-moldadas, por exemplo, são desenvolvidas pelo Centro Agroecológico Tamanduá (CAT), parceiro do Núcleo de Agroecologia do campus avançado da UFJF, e garantem a captação de águas da chuva. Essa tecnologia é destinada à Ilha Funda, em Periquito (MG) e também aos assentamentos de Barro Azul e Joaquim Nicolau, em Governador Valadares. Ao todo, 28 famílias dessas comunidades já receberam uma cisterna com capacidade para 16 mil litros cada uma. A expectativa é que ainda este ano mais 17 delas sejam instaladas.

 

Projeto Gustavo (Foto 06)

Cisternas de placas pré-moldadas que são entregues à população. (Foto: divulgação)

Já as hortas integram a Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), programa coordenado pela Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social (AEDAS) que busca a melhoria da renda e segurança alimentar através da produção de livres de agrotóxicos. Todas as unidades previstas no projeto foram implantadas em Itueta, beneficiando ao menos 35 famílias.

 

A equipe do projeto “Tecnologias Sociais – Gestão da Água e Produção Agroecológica no Médio Rio Doce” – que além de Gustavo Santos, conta com a participação de um professor e de duas acadêmicas – já realizou oficinas sobre a produção orgânica e agroecológica, vendas institucionais e comercialização da produção. Para este primeiro semestre estão previstos cursos de tratamento de água em cada uma das comunidades beneficiadas e, ao final do projeto, a produção de um curta-metragem.

 

O coordenador Gustavo Santos afirma que tem se surpreendido com a resposta dos agricultores. Segundo ele, “apesar de no início terem demonstrado certa resistência, quem recebe tanto as cisternas quanto as hortas tem dado uma resposta positiva”, além de ajudarem a disseminar as tecnologias.

 

Compartilhe:

    Campus Avançado Governador Valadares – UFJF

    Sede administrativa – Rua São Paulo, 745 – Centro
    Governador Valadares/MG – CEP 35010
    -180 (mapa)
    Telefone: 33.3301.1000
    E-mail: caad.gv@ufjf.edu.br

    Compartilhe: