Clipping UFJF – 07, 08 e 09 de Dezembro de 2015

Veículo: G1

Editoria: Zona da Mata

Data: 07/12/2015

Link: http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2015/12/energia-e-restabelecida-em-bairros-de-juiz-de-fora-diz-cemig.html

Energia é restabelecida em bairros de Juiz de Fora, diz Cemig

A energia elétrica foi restabelecida nesta segunda-feira (7) em todos os bairros de Juiz de Fora. A informação foi repassada pela assessoria da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) ao G1.

O abastecimento foi suspenso após otemporal que atingiu a cidade no início da noite do último sábado (5), quando redes elétricas em vários pontos do município foram atingidas e danificadas por quedas das árvores e descargas atmosféricas.

Cerca de 17 bairros e 300 moradores ficaram sem luz na cidade. Já a Defesa Civil registrou 77 ocorrências. Para a semana, de acordo com o Climatempo, a previsão é permanência de chuva na cidade.

Temporal
A tempestada que atingiu Juiz de Fora no último sábado provocou estragos como inundações em vários pontos da cidade, destelhamento, deslizamentos de barrancos e quedas de muro.

As rajadas de ventos que passaram de 91 quilômetros por hora, segundo dados do Laboratório de Climatologia da UFJF, causaram destelhamentos e derrubaram várias árvores, as quais atingiram fiações e resultaram em falta de energia.

Segundo a Defesa Civil, choveu um acumulado de 57,50 milímetros nas últimas 72 horas. Os pluviômetros instalados em São Pedro, Aeroporto, Lourdes e Chapéu d´Uvas registraram 116,9 milímetros, 106,28 milímetros, 104,34 milímetros e 98,57 milímetros, respectivamente.

Previsão do tempo
E ainda vem mais chuva por aí. A previsão do tempo para esta semana na Zona da Mata e Campo das Vertentes é de céu encoberto a nublado com pancadas de chuva e trovoadas no fim da tarde. As informações são do 5º Distrito do Instituto de Meteorologia (Inmet). A temperatura mínima prevista para a região é de 17ºC e a máxima de 30ºC. Já a umidade relativa do ar pode variar entre 65% e 100%.

Segundo o Inmet, na quarta-feira (9) a intesidade das chuvas podem diminuir, mas na quinta (10), as pancadas de chuva voltam a ficar significativas e vêm acompanhadas de rajadas de vento.

Ainda de acordo com o Inmet, os temporais que têm atingido Juiz de Fora são típicos da época do ano. O Intituto informou que dos 327 milímetros esperados para o mês de dezembro, já choveram 150.

Temperatura nas cidades da região:
Juiz de Fora: Mínima de 18ºC e máxima de 28ºC.
São João del Rei: Mínima de 18ºC e máxima de 28ºC.
Viçosa: Mínima de 20ºC e máxima de 29ºC.
Barbacena: Mínima de 17ºC e máxima de 26ºC.
Muriaé: Mínima de 22ºC e máxima 33ºC.

————————————————

Veículo: Guia do Estudante

Editoria: Agenda

Data: 07/12/2015

Link:http://guiadoestudante.abril.com.br/vestibular-enem/agenda/ufjf-divulga-locais-prova-pism-2016-926921.shtml

UFJF divulga locais de prova do Pism 2016

A partir das 15h desta segunda-feira (7), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), de Minas Gerais, disponibiliza o acesso ao comprovante definitivo de inscrição para os candidatos do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) 2016 da instituição. O documento traz informações cadastrais e os locais para realização das provas. O processo seletivo será aplicado nos dias 17 e 18 de janeiro.

Segundo a universidade, cerca de 23,8 mil pessoas irão participar do vestibular seriado. Dessas, 11.930 estão inscritas no módulo I, 7.023 no módulo II e 5.009 no módulo III. A relação de candidatos por vaga deve ser publicada amanhã, a partir das 15h, no site da instituição.

Nesta edição do Pism, a UFJF oferece 1.161 vagas em 59 cursos no campus de Juiz de Fora e outras 250 em dez opções de carreira no campus de Governador Valadares. O resultado final será publicado em 1 de fevereiro. Mais informações podem ser conferidas no edital do processo seletivo.

————————————————

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Cidade

Data: 07/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/adolescentes-sao-apreendidos-apos-assalto-a-onibus-na-zona-sul/

Adolescentes são apreendidos após assalto a ônibus na Zona Sul

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos por tráfico e suspeita de roubo a ônibus, na noite deste sábado (5), no Bairro Santa Efigênia, na Zona Sul de Juiz de Fora. O crime aconteceu por volta das 21h na Rua Adail Alevato. Segundo a Polícia Militar, o coletivo da Viação Santa Luzia, linha 190 (Zona Sul/UFJF/CAS), trafegava pelo local, quando um rapaz solicitou embarque. No entanto, quando o veículo parou, um comparsa embarcou, usando uma máscara de monstro e portando uma espingarda. O criminoso anunciou o assalto, roubando R$ 200 e os celulares do motorista e do cobrador.

A PM foi acionada e, durante as buscas, conseguiu localizar os suspeitos. Em um dos imóveis vistoriados, a PM encontrou nove buchas de maconha e apreendeu outros materiais relacionados ao tráfico. O cobrador sentiu mal após o crime e foi medicado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Luzia. Os jovens foram levados para a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Santa Terezinha

————————————————

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Cidade

Data: 07/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/ufjf-divulga-relacao-candidatovaga-do-pism-2016-nesta-terca/

UFJF divulga relação candidato/vaga do Pism 2016 nesta terça

A UFJF deve disponibilizar nesta terça-feira (8), a partir das 15h, a relação candidato por vaga do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) 2016 da instituição. O link estará disponível na página da instituição. Já o comprovante definitivo de inscrição, com informações cadastrais e os locais para realização das provas, só poderá ser acessado a partir de 8 de janeiro. O processo seletivo será aplicado nos dias 17 e 18 do mesmo mês.

O Pism da UFJF bateu recorde de inscritos na edição deste ano. Foram contabilizados 23.962 candidatos, 7% a mais do que no ano anterior. Destes, 11.930 se inscreveram para o módulo I, 7.023 para o módulo II e 5.009 para o módulo III. O processo de seleção oferece 1.161 vagas em 59 cursos no campus de Juiz de Fora e outras 250 em dez opções de graduação em Governador Valadares.

As vagas destinadas ao Pism correspondem a 30% do total oferecido pela universidade, sendo metade delas reservada aos cotistas. Os 70% restantes são distribuídos por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

————————————————

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Política

Data: 08/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/camara-aprova-divulgacao-de-cardapio-da-merenda-na-rede-municipal/

Câmara aprova divulgação de cardápio da merenda na rede municipal

A Câmara aprovou na reunião ordinária desta segunda-feira (7) o projeto de lei que trata da divulgação antecipada do cardápio da alimentação escolar na rede municipal de ensino. Segundo o texto de autoria do vereador André Mariano (PMDB), os alimentos que integrarão as refeições servidas aos alunos devem ser informados por meio de cartazes, em local de fácil acesso de toda comunidade escolar, assim como a divulgação do nome do nutricionista responsável pela elaboração dos pratos.

A proposição foi aprovada em segunda discussão e deve retornar à pauta de votação desta terça-feira, quando poderá apenas receber alterações em sua redação. Após a validação em terceira discussão, o dispositivo segue para a sanção do Poder Executivo e entre vigor a partir de sua publicação oficial pelo Município.

Na justificativa para a proposta, o peemedebista defende que a divulgação prévia irá permitir a pais e responsáveis a se prevenirem nas situações em que o aluno não gosta da alimentação escolar ou não pode ingeri-la, por questões de saúde. O vereador ainda argumenta que tal divulgação já é adotada em outras unidades de ensino, como no município de Ipatinga e no Restaurante Universitário da UFJF.

 

————————————————

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Cidade

Data: 08/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/medicina-e-o-curso-mais-concorrido-no-grupo-c-do-pism/

Medicina é o curso mais concorrido no Grupo C do PISM

O curso de medicina foi o mais concorrido no Grupo C (sem cotas) do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) da UFJF, com 13,81 candidatos/vaga. Em números absolutos, abrangendo todos os grupos, o curso foi o mais procurado da universidade, com um total de 512 candidatos para as 54 vagas ofertadas no campus de Juiz de Fora por este programa. No entanto, a maior concorrência, levando-se em consideração todos os grupos, é pelo curso de psicologia no Grupo B, com 30 candidatos disputando uma vaga, seguido por psicologia no Grupo E, com 16 candidatos/vaga e fisioterapia também do Grupo E, que tem 14 estudantes por vaga (ver quadro). O processo de seleção oferece 1.161 vagas, o que corresponde a 30% do total oferecido pela instituição, em 59 cursos no campus de Juiz de Fora. Os 70% restantes são distribuídos por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

 No Grupo A, a maior concorrência foi registrada no cursos de fisioterapia (13,5 candidatos/vaga), seguida de medicina veterinária (9) e educação física (8,25). Entre os candidatos do Grupo B, os cursos mais concorridos foram psicologia (30), medicina veterinária (12,33) e administração noturno (11). No Grupo C, os mais disputados são medicina (13,81 candidatos/vaga), engenharia mecânica (10,14) e psicologia (10).

Entre os candidatos do Grupo D, as maiores concorrências foram em psicologia (7,33), medicina (6,29) e odontologia (5,5). No Grupo E, os três cursos mais concorridos foram psicologia (16), fisioterapia (14) e engenharia civil (10). A relação completa pode ser acessada no site da universidade.

 

Comprovante

O comprovante definitivo de inscrição, com informações cadastrais e os locais para realização das provas, só poderá ser acessado a partir de 8 de janeiro. O processo seletivo será aplicado nos dias 17 e 18 do mesmo mês.

O Pism da UFJF bateu recorde de inscritos na edição deste ano. Foram contabilizados 23.962 candidatos, 7% a mais do que no ano anterior. Destes, 11.930 se inscreveram para o módulo I, 7.023 para o módulo II e 5.009 para o módulo III. O processo de seleção oferece 1.161 vagas em 59 cursos no campus de Juiz de Fora e outras 250 em dez opções de graduação em Governador Valadares.

————————————————

Veículo: Super Vestibular

Editoria: Notícias

Data: 08/12/2015

Link:http://vestibular.mundoeducacao.bol.uol.com.br/noticias/ufjf-concorrencia-3-a-etapa-pism-2016-divulgada/328611.html

UFJF: concorrência da 3ª etapa do Pism 2016 é divulgada

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em Minas Gerais, já soltou a concorrência do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) 2016. Nas listas, constam a relações de candidatos por vaga das cinco modalidades. 

No campus Governador Valadores, a carreira mais procurada é Medicina, com mais de 15 concorrentes por chance (ampla concorrência). Já no campus Juiz de Fora, Psicologia é o curso mais disputado, também na ampla concorrência. São dez inscritos por posto. Confira a concorrência de todos os cursos

Cronograma

De acordo com o novo calendário do Pism, em 8 de janeiro de 2016 serão liberados os locais das provas, as quais estão  agendadas para os dias 17 e 18 do mesmo mês. A seleção ocorrerá em Juiz de Fora, Conselheiro Lafaiete, Governador Valadares e Muriaé, em Minas Gerais, e Volta Redonda, no Rio de Janeiro. 

Os participantes das duas primeiras etapas farão duas provas objetivas e oito testes discursivos de disciplinas de acordo com o ano. Para o terceiro módulo será uma prova objetiva e quatro exames discursivos de matérias, conforme a área de conhecimento.

Além das provas gerais, os concorrentes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Música também fizeram os Testes de Habilidades Específicas (THE) em novembro. Acesse o resultado

Os candidatos do módulo III terão acesso às notas das provas em 22 de fevereiro. O resultado final está previsto para o dia 29 seguinte. Já os participantes do módulo I e II poderão consultas as notas das provas em 18 de abril. 

Para mais informações, acesse o Edital do Pism 2016 da UFJF.

———————————————–

Veículo: G1

Editoria: Zona da Mata

Data: 08/12/2015

Link:http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2015/12/medicina-e-curso-mais-concorrido-do-grupo-c-no-pism-da-ufjf.html

Medicina é curso mais concorrido do Grupo C no PISM da UFJF

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) divulgou nesta terça-feira (8) a relação decandidato/vaga para os estudantes inscritos nos exames do Módulo III do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism).

O curso de medicina do Grupo C, com vagas para estudantes independentes de renda familiar ou escola pública ou privada, é o mais concorrido com 13,81 candidatos/vaga, com 373 inscritos concorrendo a 27 vagas. O número é maior quando comparado ao ano passado, quando a relação candidato/vaga foi de 11,4, com 307 inscritos.

Em seguida no Grupo C, o curso mais concorrido é o de curso de engenharia mecânica, com 10,14 candidato/vaga, com 71 inscritos para sete vagas disponíveis. Seguido de psicologia, com relação de 10 candidato/vaga, 70 inscritos para sete vagas.

No Grupo A, que reúne candidatos com renda familiar bruta por pessoa igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, e que se declara preto, pardo ou indígena, o curso de maior concorrência foi o de fisioterapia, com relação de 13,5 candidato/vaga, com 27 inscritos para duas vagas disponíveis.

Em seguida, o curso de medicina veterinária, com média nove, com 45 inscritos para cinco vagas, e educação física, com relação de 8,25 candidato/vaga, 33 inscritos para quatro vagas.

O curso de psicologia, com relação de 30 candidatos/vaga, com 30 inscritos para concorrer a uma vaga, é o mais concorrido no Grupo B, para candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta por pessoa igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Medicina veterinária, com relação de 12,33 candidato/vaga, 37 inscritos para três vagas, e administração noturno, com relação 11 candidato/vaga, com 11 inscritos e uma vaga disponível, são os outros mais concorridos do Grupo B.

Recorde de inscritos
Neste ano, o Pism registrou um número recorde de inscritos, com quase 24 mil candidatos. Foram 23.962 candidatos inscritos, contra 22.300 do ano de 2015, um crescimento de 7%, de acordo com a UFJF. As provas deste ano serão realizadas nos dias 17 e 18 de janeiro de 2016.

———————————————–

Veículo: Hoje em Dia

Editoria: Noticias

Data: 09/12/2015

Link:http://www.hojeemdia.com.br/noticias/oposic-o-aposta-em-temer-e-dilma-amarga-derrotas-1.365436

Oposição aposta em Temer e Dilma amarga derrotas

A presidente Dilma Rousseff (PT) tem um saldo de duas derrotas para tentar reverter: o tido como certo rompimento com o vice-presidente Michel Temer (PMDB) e a formatação da Comissão Especial que dará parecer sobre o impeachment. Foi o primeiro ato em plenário no processo de impedimento. E a presidente perdeu. A oposição conseguiu formatar uma chapa avulsa que foi acolhida pelos colegas. A votação foi um termômetro que mostrou o clima para futuras decisões. O parecer que será emitido pela Comissão, por exemplo, será também votado em plenário.

A derrota na Câmara foi antecedida pela carta enviada pelo vice-presidente Michel Temer à presidente. Interpretada como um aviso de rompimento, a carta foi vista com ressalva por lideranças do partido dele, mas a oposição aposta em influência do cacique não apenas na legenda que preside como também em partidos aliados ao governo.

Para o presidente do PSDB de Minas, deputado federal Domingos Sávio, a carta funcionará como um sinal verde para que os parlamentares que ainda estavam indecisos se posicionem abertamente contra o governo. Dos 513 deputados, ao menos 280 ainda não se decidiram, conforme informou o Hoje em Dia na última sexta-feira.

“A carta deixa claro que o vice-presidente da República resolveu romper com esse ambiente de mentira. Por compromisso com o país, ele teve um gesto de tolerância durante anos. Mas agora o pote transbordou. Temer mesmo citou a desconfiança que a presidente sempre teve em relação a ele e ao PMDB”, disse.

Segundo Sávio, o posicionamento de Temer vai empurrar alguns deputados que hoje estão em cima do muro. Alguns parlamentares que integram partidos sem posição formada ainda não consolidaram posição sobre a influência de Temer. Ex-PT, o deputado Welinton Prado, hoje no Partido da Mulher Brasileira (PMB), informou que permanece com opinião indefinida.

Colega de legenda de Prado, o deputado Marcelo Álvaro Antônio também disse que é preciso analisar a questão com mais calma e que a carta de Temer não é relevante para a tomada de sua decisão.

O deputado federal Fábio Ramalho, do mesmo partido, também não manifesta como votará. Ele, porém, mostra solidariedade ao vice-presidente. “É uma carta sincera, onde ele só falou verdades. Preciso analisar tudo para depois definir meu voto”, afirmou.

Governistas

O Palácio do Planalto tentou minimizar a carta. O líder do PT no Senado, Humberto Costa, disse que a carta é um desabafo. “Vejo como um desabafo pessoal. Questões que estão ali colocadas que estão muito mais dentro dessa esfera do relacionamento pessoal do que do relacionamento político. Michel Temer é alguém que desempenha papel importante no nosso governo, na articulação política”, afirmou.

O Planalto enviou o ministro da Casa Civil Jaques Wagner para tentar marcar um encontro entre Dilma e Temer. O ministro entrou em contato com a equipe do vice. O advogado-geral da União, Luis Inácio Adams, conversou com Temer na madrugada de ontem. O teor do encontro não foi revelado.

Análise

“Os primeiros desdobramentos não indicaram que as lideranças partidárias seguirão Temer. Foi um movimento mal articulado, em tom inadequado, e que tem ainda o risco de fortalecer o governo caso não ocorra uma debandada peemedebista do governo para o entorno do vice-presidente”, afirmou o cientista político da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Paulo Roberto Figueira.

———————————————–

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Esportes

Data: 09/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/joao-victor-trazouro-do-paraguai/

João Victor trazouro do Paraguai

Campeão dos Jogos Escolares e recordista brasileiro dos 100 metros com barreiras, o juiz-forano João Victor Macedo conquistou mais uma marca histórica. O atleta da equipe UFJF/Apogeu conquistou ontem a medalha de ouro na prova durante os Jogos Escolares Sul-Americanos, em Assunção, no Paraguai. De quebra, o jovem, de 14 anos, melhorou sua principal marca em 52 centésimos de segundo, completando o desafio em 13s47.

O segundo colocado foi o chileno Alexandre Zamora, que concluiu a prova em 13s68, seguido de perto por Samil Machado, da Venezuela, com 13s69. “O João é um atleta excepcional e nós sabíamos que bons resultados viriam. Todo trabalho de acompanhamento que fizemos deu resultado. Temos certeza que resultados melhores virão”, afirma o coordenador de esportes do Colégio Apogeu, Erik Chaves.

Mais disputa

Outra representante de Juiz de Fora nos Jogos Escolares Sul-Americanos é Noemi Alves, também da equipe UFJF/Apogeu. A atleta terminou em 12º lugar a prova dos 800 metros, e hoje disputará os 2000 metros.

———————————————–

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Artigo do Dia

Data: 09/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/violencia-sem-fim-2/

Violência sem fim

Em 2015, já ocorreram 123 homicídios até 30 de novembro em Juiz de Fora, assim distribuídos por regiões da cidade: Zona Norte: 37; Zona Leste: 28; Zona Sudeste: 26; Zona Sul: 15; Zona Nordeste: 7; Cidade Alta: 6; Centro: 2, e Zona Rural: 1. No mesmo período, tinham ocorrido 128 assassinatos em 2014 e 124 assassinatos em 2013. Apenas nos três primeiros meses de 2015, ocorreram 37 assassinatos, ou seja, o mesmo número de crimes violentos de todo o ano de 2007 na cidade. E o pior: em 2013, ocorreu um total de 139 homicídios na cidade, o que equivale a uma taxa de 28,4 homicídios por cem mil habitantes, situando Juiz de Fora acima da média nacional, que em 2012 foi de 20,4. Dez anos antes, a taxa de homicídios na cidade era de 8,4 por cem mil habitantes. Enquanto o país melhorou entre 2003 e 2012, graças à diminuição dos homicídios em São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco, em Juiz de Fora, esses números subiram de forma vertiginosa.

Em duas décadas e meia, entre a década de 1990 e 2015, Juiz de Fora saiu de 4,4 homicídios por cem mil habitantes para 28,4 homicídios por cem mil habitantes, apresentando um aumento de 238%. De uma cidade pacífica e ordenada, Juiz de Fora viu explodir a taxa de homicídios. Assim, deixou o grupo das cidades menos violentas do país e está entrando no ranking da violência como mais um caso de fracasso na segurança pública. Enquanto Rio e São Paulo ultrapassavam a barreira dos 40 homicídios por cem mil no mesmo período, São Paulo reduziu 77%, de 53,6 em 1999 para 12% em 2012. Portanto, é preciso estudar profundamente o que ocorre na cidade, que tinha um padrão quase uruguaio de violência na década de 1990 e passou a conviver com índices assustadores. Leandro Piquet Carneiro, pesquisador do Instituto de Relações Internacionais e do Núcleo de Pesquisas de Políticas Públicas da Universidade de São Paulo, vem acompanhando atentamente o aumento da violência em Juiz de Fora e o crescente número de assassinatos na cidade a partir de 2010. Segundo o pesquisador, se nada for feito de concreto pelo estado e pela sociedade, a meta para 2016 continuará a ser fixada pela “mão invisível” do crime, por centenas de traficantes de drogas ou por jovens em busca de vingança.

Portanto, os números de Juiz de Fora continuam desafiando os gestores públicos e a sociedade. E 2015 está terminando com índices de homicídios tão altos quanto os de 2014 e de 2013. O que equivaleria a um novo aumento na taxa de homicídios por cem mil habitantes se computados os três últimos anos. A OAB Subseção Juiz de Fora, a Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal, a UFJF e a Prefeitura de Juiz de Fora criaram o Laboratório de Estudos da Violência, abrigado junto ao Centro de Pesquisas Sociais (CPS) da UFJF, visando pesquisar, debater e enfrentar a realidade do aumento da violência nos últimos anos. Estes números estão sendo avaliados no Laboratório e integrarão o Mapa da Violência em Juiz de Fora, que está sendo elaborado e pretende jogar um feixe de luz sobre essa tragédia que se abate sobre a cidade.

———————————————–

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Tiro Livre

Data: 09/12/2015

Link:http://www.tribunademinas.com.br/a-importancia-do-bom-senso-ou-educacao-como-usar/

A importância do bom senso (ou educação: como usar?)

A vida de atleta de fim de semana é ótima. Tá aí uma atividade que sempre traz reconhecimento de quem realmente importa: você mesmo. É possível enumerar uma avalanche de pontos positivos, mas nem por isso o que há de ruim deixa de ser urgente combater. E nessa nossa sociedade tão livre quanto individualista, é urgente colocar o bom senso para funcionar na ocupação dos espaços públicos. Corredores, caminhantes, ciclistas e batedores de pernas precisam aprender a respeitar o espaço que é de todos.

Essa semana estive na UFJF correndo alguns quilômetros. Enquanto isso, uma senhora caminhava com dois cães, daqueles que nem batem na metade da canela, sem usar a guia. Um deles resolveu avançar latindo na minha direção enquanto o outro deixava um pequeno “presente” pelo caminho. Argumentei que os animais (os de quatro patas) deveriam estar com a guia, mas recebi como resposta “vai você correr para lá”.

Um problema na nossa sociedade é que “estar certo” virou um troféu, e admitir um erro é como confessar um crime. O que a “simpática” caminhante não percebeu é que se eu trombasse com um daqueles cães não seria muito vantajoso para o bichinho. Ciclistas e corredores têm responsabilidades proporcionais a suas velocidades. Devem prezar pela segurança dos mais frágeis. Mas o bom senso vale para todos. Cães com guias, crianças pequenas sempre acompanhadas, ciclistas e corredores dando passagem e circulando com segurança, grupos grandes com a consciência que quartetos ou quintetos não podem fechar a passagem. Enfim, civilidade.

UFJF, Parque da Lajinha, Avenida Brasil, Avenida Rio Branco, Via São Pedro e tantos outros. É muito legal ver a cidade sendo ocupada pela população. O espaço urbano está vivo! Mas além de melhorar a sanidade do corpo, deveríamos também cuidar da saúde da mente.

———————————————–

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Cultura

Data: 09/12/2015

Link: http://www.tribunademinas.com.br/no-inicio-era-o-som/

No início era o som

Fernanda Cruzick volta a transitar pela escrita em “Uma prosa sobre o som”, lançado nesta quinta-feira, na Galeria Café, do Espaço Manufato. Estarão expostos trabalhos que integram o 1º Circuito da Arte Atual, promovido pela UFJF até 23 de dezembro, em vários pontos da cidade.

Nesse infantojuvenil de abordagem ilustrativa, a autora transporta o leitor para o universo da música, apresentando conceitos, como ritmo, melodia, acorde, harmonia e equilíbrio. “A mistura de todos esses elementos dá a percepção da diversidade, da multiplicidade e da inclusão”, explica ela, que faz uma associação entre a criação do universo – com a teoria do “Big Bang” – e a origem dos ritmos. “No início era o som… Num fluxo constante… incessante”, escreve a escritora nas primeiras linhas da publicação.

Lançada com apoio da Lei Murilo Mendes, a obra pode ser adquirida na noite de autógrafos e, posteriormente, através do e-mail fernandacruzick@yahoo.com.br. Graduada em Artes pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Fernanda iniciou sua produção artística, com destaque para a pintura, em 1984. Ela também é coautora e ilustradora, em parceria com Gisela Barbosa, de “A história das três bonecas”, publicado pela Lei Murilo Mendes, e “A criação segundo a mitologia Iorubá”, pela Franco Editora. A dobradinha com Gisela se repetiu em “Os se sábios cegos e o elefante”, em que ela assina as ilustrações.

‘UMA PROSA SOBRE O SOM’

Lançamento de livro

10 de dezembro, às 20h

Manufato

(Rua Moraes e Castro 307 – Alto dos Passos)

———————————————–

Veículo: Tribuna de Minas

Editoria: Vida Mais

Data: 09/12/2015

Link: http://www.tribunademinas.com.br/estudantes-da-ufjf-criam-tomada-inteligente/

Estudantes da UFJF criam tomada ‘inteligente’

Estudantes do curso de engenharia elétrica da UFJF desenvolveram uma tomada “inteligente” que permite controlar, via internet, aparelhos eletrônicos conectados ao equipamento. O projeto “Tomada smart” foi apresentado em Belo Horizonte, nesta quarta-feira (9), durante a final da 3ª Feira de Ciências e de Inovações Tecnológicas (Feicintec), organizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea/MG). O evento reuniu 33 projetos finalistas de diversas instituições de ensino de Minas Gerais, mas a invenção de Juiz de Fora não ficou entre as cinco premiadas. Os cinco melhores trabalhos foram premiados com valores entre R$ 4 mil e R$ 12 mil. Mesmo assim, o projeto dos acadêmicos da UFJF continua sendo desenvolvido e pretende levar mais conforto à vida das pessoas.

O aparelho funciona como uma extensão com quatro tomadas controladas pela internet, por meio de um aplicativo para smartphone. O programa permite ligar e desligar as tomadas em tempo real, além de visualizar a temperatura ambiente. “Ao sair do trabalho, por exemplo, você pode ligar o ar-condicionado da sua casa pelo celular e, quando você chegar em casa, o ambiente já vai estar climatizado. A tomada também permite o agendamento de horário, para ligar e desligar um aparelho em determinada hora do dia. Isso pode ser usado com a cafeteira, por exemplo, que pode ser programada para ligar antes mesmo de você levantar da cama. Quando você acordar, o café já vai estar pronto”, explica um dos responsáveis pelo projeto, o estudante Caique Rocha.

“A tendência do mercado é que, em poucos anos – entre 10 e 15 anos -, os equipamentos eletrônicos já estejam conectados à internet. Mas hoje existem poucos que oferecem esse recurso. Por isso, nós propomos uma tomada que transforma um equipamento ‘burro’ em ‘inteligente’.” Além de Caique, fazem parte da equipe André de Souza, Vinicius Lagrota, Fabrício Campos e Stéfano Andrade.

A Feicintec tem o objetivo de abrir espaço para novas ideias, incentivando a criação, planejamento e execução de projetos. Em sua terceira edição, a feira recebeu inscrições de 75 instituições de ensino de diversas regiões de Minas Gerais. Os trabalhos foram analisados internamente por uma comissão avaliadora com base no relatório de cada um, considerando dos resultados qualitativos e quantitativos. Desses, 33 foram selecionados para a etapa final.

Além da tomada smart dos alunos da UFJF, a feira contou com outros projetos como um sistema inteligente de controle de vagas em estacionamento por aplicativo de celular (Universidade Federal de Uberlândia), um braço robótico controlado pelo pensamento (Faculdades Santo Agostinho) e uma proposta de uso de lodo nas estações de tratamento de água na produção de cerâmica (Universidade Federal de Viçosa).

———————————————–

Veículo: Acessa

Editoria: Vida Mais

Data: 09/12/2015

Link: http://www.acessa.com/educacao/arquivo/oportunidade/2015/12/09-hospital-universitario-abre-inscricoes-para-vagas-programas-residencia/

Hospital Universitário abre inscrições para 37 vagas em programas de residência

O Hospital Universitário da UFJF divulgou, edital do processo seletivo para 37 vagas em programas de residência de seis áreas. As inscrições começam nesta quinta, 10 de dezembro, e se estende até o próximo dia 18, pelo site. As provas estão agendadas para o dia 10 de janeiro de 2016.

Os programas contemplam as seguintes áreas: residência multiprofissional em saúde do adulto, com ênfase nas doenças crônico-degenerativas; residência integrada multiprofissional em atenção hospitalar; residência em área profissional de saúde programa em farmácia; análises clínicas; cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial; e residência em gestão hospitalar nas áreas de administração e economia.

Os programas de residência multiprofissional constituem um elemento forte na missão do Hospital Universitário de proporcionar a capacitação em serviço de profissionais em consonância com os princípios das políticas de saúde do SUS. Já aqueles voltados para ações que privilegiam a prevenção, com área de concentração em saúde do adulto e ênfase nas doenças crônico degenerativas e do restabelecimento da saúde têm o objetivo de preparar os usuários para o autocuidado na área integrada em atenção hospitalar.

Compartilhe: