Aplicativo criado por alunos da Ciência da Computação ultrapassa 15 mil downloads

ônibus campus (Foto: Gabriela Said)

O Busão JF é atualizado mensalmente, conforme as informações disponíveis no site da Astransp (Foto: Gabriela Said)

Em dez meses, mais de 15 mil pessoas já baixaram o Busão JF, software desenvolvido por três alunos de Ciências da Computação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). No ar desde novembro do ano passado, o dispositivo informa horários e itinerários de todos os ônibus da cidade. Para usar, o usuário não precisa estar conectado à internet. Em março, o aplicativo rompeu a barreira municipal e também chegou a Montes Claros, Norte de Minas Gerais.

A ideia surgiu quando os três estudante ingressaram na Universidade. Amigos desde o ensino médio e hoje no quarto período, Jorge Moreira, Danilo Machado e Eduardo Soares confessam que era difícil saber quais linhas serviam para ir e voltar das aulas no inicio da faculdade. “Foi quando tivemos a ideia de fazer um aplicativo para dispositivos móveis que auxiliasse pessoas com esse mesmo problema”, explica Moreira.

Funciona assim: se alguém que está na avenida Rio Branco, no Centro, quer ir para a UFJF, basta pesquisar “universidade” no aplicativo e as linhas serão listadas. Para saber quais delas passam na Rio Branco, a guia de itinerário, nos detalhes do ônibus, fornece essa informação. Ainda no itinerário, se o usuário clicar em uma rua específica, será redirecionado para o mapa, para uma melhor localização.

Além disso, há também outra possível forma de busca, que está em fase de teste. “Neste modelo, seria possível uma pesquisa pelo local; a pessoa poderia escrever onde está e para onde quer ir para filtrar uma linha que a atenda.”

Busão JF - aplicativo

Aplicativo foi criado em novembro de 2013

As informações sobre as linhas já estavam disponíveis no site da Astransp. A partir disso, os estudantes desenvolveram um sistema que possibilitasse o acesso a elas na palma da mão, por meio de um smartphone. “Já tínhamos experiência em programação para computadores, mas não para o sistema Android. Então tivemos que pesquisar, buscar informações e estudar bastante para que o aplicativo saísse da forma como havíamos pensado”, esclarece Soares.

O Busão JF é atualizado mensalmente, de acordo com as informações do site. Para o usuário, basta entrar na internet que a atualização ocorre automaticamente. Por ser feita apenas uma vez por mês, há possibilidade de imprevistos, por isso, a equipe pede a colaboração dos usuários sempre que souberem de alguma mudança. “Corremos o risco de o site da Astransp mudar entre uma atualização e outra. Por isso, é importante que sempre que alguém perceber alguma mudança nos avise através de nossa página no Facebook.”

A estudante do segundo período de Letras, Gabriella Lima, usa o aplicativo há três meses. Natural do Rio de Janeiro, veio estudar na UFJF no início deste ano. Sua adaptação foi dentro do esperado, mas com algumas dificuldades. Dentre elas, destaca o transporte público como a principal. “Já me perdi algumas vezes com os ônibus daqui, desde quando cheguei tenho muita dificuldade, e o aplicativo ajuda bastante, tanto nos horário quanto nos trajetos.” Gabriella reconhece a grande utilidade do Busão JF, mas revela também que já ficou sem o transporte por conta de um erro. “Uma vez fiquei esperando meu ônibus até depois das 22h e ele simplesmente não apareceu. Mas pode não ter sido uma falha do aplicativo e sim da empresa do ônibus.”

Sobre a expansão para Montes Claros, Machado explica que a equipe buscou uma cidade com o porte de Juiz de Fora que disponibilizasse os horários na internet e ainda não possuísse um aplicativo semelhante. “É muito satisfatório poder levar para outras cidades o que buscamos trazer para Juiz de Fora.”

O aplicativo ainda funciona de forma independente, mas a equipe busca parcerias com o poder público para melhorar o sistema para o usuário.

Baixe gratuitamente o Busão JF 

Acompanhe as novidades do Busão JF no Facebook

Outras informações: (32) 2102-3311 (Departamento de Ciência da Computação-UFJF)

Compartilhe: