UFJF assegura o pagamento dos direitos trabalhistas e verbas remuneratórias de funcionários da PH

Pró-reitor de Planejamento e Gestão, Alexandre Zanini, conversou com funcionários da PH Service pela manhã

Pró-reitor de Planejamento e Gestão, Alexandre Zanini, conversou com funcionários da PH Service pela manhã

A Administração Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) se reuniu na manhã desta terça-feira, 13, com representantes dos trabalhadores terceirizados da empresa PH Service para esclarecer sobre as condutas que serão adotadas para resolver o problema causado pelo anúncio de falência da empresa e a consequente interrupção dos pagamentos.

Em reunião na Procuradoria Regional do Trabalho na tarde desta segunda-feira, 12, representantes da PH firmaram um comunicado formal de encerramento das atividades de prestação de serviço. Este documento foi apresentado à UFJF pelos representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação e Limpeza Urbana de Juiz de Fora (Sinteac) na manhã desta terça. Em função disso, a Administração Superior da UFJF se comprometeu a assegurar o pagamento dos direitos trabalhistas e verbas remuneratórias dos 463 funcionários prestadores de serviços vinculados aos cinco contratos que a Universidade mantinha com esta empresa. É importante ressaltar que este número representa 2% dos contratos que a PH mantém com órgãos federais em todo o país.

Os contratos já foram encerrados com a PH para que novas contratações em caráter emergencial possam ser realizadas. Até que as novas empresas sejam regularizadas, a Universidade arcará com os salários. Isso só será possível em função da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), que na semana passada tomou a mesma decisão.

 Nota de esclarecimento sobre situação da empresa PH Service publicada na tarde de segunda, 12 de maio

 

Compartilhe: