UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora

Plano de Ensino

Disciplina: 2030016 - TÓPICOS ESPECIAIS EM TÉCNICAS DO AMBIENTE CONSTRUÍDO

Créditos: 3

Departamento: DEPTO DE CONSTRUCAO CIVIL /ENG

Ementa Aprofundamento do conhecimento teórico e da prática de leitura urbana a partir de estudos de morfologia urbana:
Conteúdo Modulo I: Conteúdo teórico: Morfologia urbana e sua origem: Escolas de Morfologia Urbana; Morfologia urbana abordagens diversas
Modulo II: Seminários de discussões: Construção crítica e analítica de textos de estudos: investigação morfológica e análise urbana
Modulo III: Estudo aplicado
Bibliografia ALBERNAZ, Paula. Reflexões sobre o espaço público atual. In: LIMA, E. e MALEQUE, M. (orgs.) Espaço e Cidade. Conceitos e leituras.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2004.
BERQUE, Augustin. El nacimi:ento del paisaje in China. In: El paisaje. Huesca:arte y naturalesa . Actas del Segundo Curso, Huesca, 1996; editado por la Diputación de Huesca, Espana, 1997.
BERQUE. Augustin. Paisagem, meio, história In : Cinq propositions pour une théorie du paysage. Paris: Editions Champ Vallon, 1994 (tradução Vladimir Bartalini, 2012).
BLEY, Lineu. Morretes: um estudo de paisagem valorizada. In: percepção Ambiental - a experiência brasileira. Organização de Vicente Del Rio e Lívia de Oliveira. São Carlos: Editora da UFSCar, 1999.
CAUQUELIN, Anne. A invenção da paisagem. São Paulo: Martins, 2007.
CONZEN, Michael R.G. As Paisagens Urbanas históricas na Inglaterra - um problema de geografia aplicada. Trad. Stael de Alvarenga Pereira Costa com colaboração de Luana Rodrigues Godinho e Marina Salgado.
[Publicado originalmente in: HOUSE. Northern Geographical Essays. Newcastle upon Tyne: J.R.W., 1966. p.56-78]. Paisagem Cultural e Sustentabilidade: 2010. p.77 a 101.
CUECO, Henri. Abordagens do conceito de paisagem. In : La Théorie du Paysage en France (1974-1994). Sous la direction d¿Alain Roger. Paris: Editions Champ Vallon, 1995.
DE CARLI, Natália. La construcción del espacio público frente al miedo. Identidad, seguridad y control en las ciudades contemporáneas.
LAMAS, J. M. R. G. A Morfologia Urbana e o Desenho da Cidade.Porto: ORGALImpressores, 4ª ed, 2007.
LAVALLE, Adrián Gurza; et. al. Espaço Público: o conceito e o político. Espaço & Debates:
Revista de Estudos Regionais e Urbanos, São Paulo, v.25, n.46, p.33-44, jan/jul 2005.
NOGUEIRA, Márcia. Candidatura do Rio de Janeiro a patrimônio mundial categoria paisagem cultural, 2009 http://www.docomomo.org.br/seminario%208%20pdfs/067.pdf
PANERAI, Philippe. Análise urbana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2006.
RIBEIRO, Rafael. Paisagem cultural e Patrimônio. Rio de Janeiro: IPHAN, 2007.
ROGER, Alain. Natureza e Cultura. A dupla artialização. In SERRÃO, Adriana (coord.) Filosofia da Paisagem. Uma antologia. Lisboa, Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2011.
SABATÉ, Joaquin. Paisajes Culturales y Proyecto Territorial. In: El Paisaje en la cultura contemporánea. Nogué, J. (ed.). Madrid, Biblioteca Nueva, 2008.
SÁ CARNEIRO, Ana Rita, MESQUITA, Liana de Barros. Espaços Livres do Recife. Recife:
Prefeitura da Cidade do Recife; Universidade Federal de Pernambuco, 2000.
SÁ CARNEIRO, Ana Rita e BERTRUY, Ramona P. (orgs). Jardins Históricos Brasileiros e Mexicanos. Recife: Editora Universitária ¿ UFPE, 2009.
SÁ CARNEIRO, Ana Rita. Parque e Paisagem. Um olhar sobre o Recife. Recife: Editora Universitária ¿ UFPE, 2010.
SALDANHA, Nelson. O jardim e a Praça. O privado e o público na vida social e histórica. São Paulo: Edusp, 1993.
SERPA, Ângelo. O espaço público na cidade contemporânea. São Paulo; Contexto, 2007.
ZANCHETI; Silvio; LACERDA, Norma. Plano de Gestão da Conservação Urbana: Conceitos e Métodos . Olinda: Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada, 2012.
Bibliografia (continuação) Caniggia, G. e Maffei, G. L. (1995 [1979]) Tipologia de la edificacion, Estrutura del espacio antropico (Celeste Ediciones, Madrid).
Chouquer, G. (2000) L¿étude des paysages:Essais sur leurs formes et leur histoire(Éditions Errance, Paris).
Conzen, M. R. G. (1966) `The use of town plans in the study of Urban History¿ em Dyos, H. J. (ed.) (1968) The proceedings of an
international round-table conference of UrbanHistory Group (Edward Arnold, Londres), 113-130.
Fernandes, J. (2004) `A propósito da Baixa e dasmalhas
ortogonais: algumas reflexões. Os diferentes graus de regularidade e de geometria
na cidade de matriz portuguesa¿, Monumentos 21, 44-9.
Gaspar, J. (1972) Estudo geográfico das aglomerações urbanas de Portugal Continental, Projeto de Doutoramento, Universidade de Lisboa, Lisboa.
Pinto, S. M. G. (2012) As interações no sistema das operações urbanísticas nos espaços urbanos portugueses até meados de Oitocentos, Tese de Doutoramento não publicada, Universidade de Coimbra, Portugal.
Pöete, M. (1929) Introduction à l¿urbanisme: L¿évolution des villes, La leçon de l¿antiquité (Boivin & Cie Éditeurs, Paris).
Reis Filho, N. (1968) Contribuição ao estudo da evolução urbana do Brasil (1500/1720) (Livraria Pioneira Editora, São Paulo).
Reis Filho, N. (2001) `Vilas paulistas do século XVII¿ em Araújo, R.; Rossa, W. e Carita, H eds.) Actas do Colóquio Internacional Universo Urbanístico Português 1415-1822(CNCDP, Lisboa) 555-66.
Sitte, C. (1990 [1889]) L'arte di costruire le città, L'urbanistica secondo i suoi fondamenti artistici (Jaca Book, Milão).
Bibliografia complementar
Voltar